gototopgototop
  1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Não existe "Eu" no poker

Moll Orso

por Eddy Scharf

Recentemente, eu competi em um torneio televisionado no qual haviam diversos jogadores que perderam o foco em seu jogo. Ou eles estavam tentando atingir um oponente em particular em sua mesa ou então fazer algumas jogadas mirabolantes para exibir para as câmeras. Nos dois casos, os jogadores estavam cometendo o mesmo erro: deixar os seus egos interferirem no seu jogo.

Mesmo sabendo que a maioria dos jogadores nunca terá a oportunidade de eliminar algum grande nome ou fazer jogadas "incríveis" na frente das câmeras da tevê, ainda há muitas pessoas que deixam seus egos atrapalharem seu jogo. Uma vez que isso acontece, eles perdem de vista seus objetivos em longo prazo e passam a jogar com outros propósitos que não sejam vencer.

Pois então, como você monitora seu ego na mesa de poker? Eu recomendo que começe identificando os tipos de situações que podem tirá-lo de seu estilo de jogo, e depois aprender como lidar com eles ou, melhor ainda, evitá-las. Para lhe dar uma ideia, eu destaquei três situações comuns, as quais vi se repetirem ao longo de meus anos no poker:

- Jogar com raiva - Em minha experiência, esta é uma das situações mais comuns que acontecem nas mesas e, com a prática, uma das mais fáceis de lidar.

Frequentemente, um jogador toma uma bad beat* ou é vítima de uma jogada que julga incorreta do oponente, que lhe custa fichas. Ao invés de apagar o ocorrido e considerá-lo como ele é - apenas mais uma mão em um torneio ou ring game - o jogador prejudicado entra em tilt e passar a se concentrar em dar o troco em seu mais novo "inimigo".

Ao deixar seus egos atrapalharem e se focarem somente em um único oponente, esses jogadores frequentemente acabam fazendo mal para seus objetivos em longo prazo. Eles deixam escapar oportunidades de observar as outras pessoas na mesa e tirar as suas fichas ou, ainda pior, dão a chance aos demais jogadores na mesa de tirarem suas fichas restantes.

Ao invés de cair nesta armadilha, meu conselho é fazer tudo que lhe é possível para esquecer a mão que o irritou. Se para isso precise levantar da mesa e andar pelo salão por uns 10 minutos para acalmar os ânimos, então faça isso. No longo prazo, essa é uma solução barata e menos estressante para um problema que, para começo de conversa, nem deveria ter existido.

- Encarar o big stack da mesa - Alguns jogadores sentem que estão sempre sendo perseguidos por seus adversários, especialmente quando eles estão com um stack pequeno em relação aos demais jogadores de sua mesa.

Ao invés de jogar um poker inteligente e procurar as melhores oportunidades para tirar algumas valiosas fichas desses big stacks, esses jogadores frequentemente acabam jogando como se quisessem dizer: não mexa comigo!". E, na maioria dos casos, acabam sendo derrotados por causa disso.

Mesmo sabendo que há valor em contra-atacar oponentes agressivos com stacks grandes, você deve escolher suas batalhas com sabedoria. Ao invés de empurrar com quaisquer duas cartas, querendo dizer ao vilão que "aqui não!", procure por oportunidades para colocar suas fichas no pote quando achar que tem a melhor mão. Paciência é a chave para sobreviver a esses tipos de situações, muito mais do que partir para cima de forma ultra agressiva. Mantenha-se comprometido com seu jogo e o problema dos "valentões" será resolvido naturalmente.

- Buscar a glória - Para alguns jogadores - especialmente no online - não há nada mais satisfatório do que se gabar de como eles ganharam um pote de um profissional renomado.

Sim, é muito divertido jogar na mesma mesa que Phil Ivey ou Chris Ferguson, mas é um grande erro fazer isso se esquecendo de seu plano básico de jogo. Ao querer alcançar a glória de "bater" os profissionais, muitos jogadores inexperientes acabam ficando vulneráveis aos adversários.

Se você realmente quiser impressionar um profissional - e seus demais oponentes - mantenha suas emoções fora do jogo. Concentre-se em jogar as melhores cartas nas melhores situações possíveis e os potes inesquecíveis que você procura irão vir em sua direção.

Estas foram apenas algumas situações nas quais o ego pode interferir em um jogo de poker sólido, vencedor. Quando você acaba sendo pego por essas armadilhas mentais, seus objetivos em longo prazo, sejam eles vencer torneios ou construir um bankroll, irão sofrer. Este pode não ser um jogo em equipes, mas é sempre bom lembrar que não existe o "Eu" no poker.

Facebook Curta!

NETELLER

Poker Rooms

PokerStars
100% até $600 | Review
BestPoker
500% até $1000 | Review
Betmotion
100% até $700
Everest Poker
100% até $500 | Review
Party Poker
100% até $500 | Review
Bet365
100% até $500 | Review

Siga-nos no Twitter

Apostas Esportivas

Bet365 100% até $250
PartyBets 100% até €20
Ladbrokes Boa oferta de apostas
BestBet Adaptada aos brasileiros
Betsafe 50% até $25
Pinnacle Sports Odds imbatíveis
Bwin €50 Bônus de entrada
Betclic €20 Bônus de entrada
5Dimes €20 Bônus de entrada
Apostou Ganhou Ganhe até R$700
Bet Internet Freebet de $25
Betfair 100% até $1000
Titanbet $25 grátis freebet
Apostas Esportivas

Aprenda a jogar poker online com os PokerManiakos

Na Poker Mania, você encontra artigos de poker para manter seu jogo sempre atualizado com as últimas técnicas e regras de poker, e notícias de poker para se manter informado de tudo que acontece no mundo do poker. Além disso, você ainda pode acessar as últimas promoções de poker das casas preferidas pelo público brasileiro. Confira!